Exposição 5: O Nome, Outubro 2015

Selecção de experimentações gráficas em torno de Porto Pelo Porto, a partir da combinação de diferentes representações da palavra Porto inventariadas. Estudo a preto e branco e alto constraste, centrou-se na exploração de potencial gráfico e de expressão das representações seleccionadas, tendo como parâmetros base para a manipulação gráfica: a justaposição, sobreposição, transformação de escala, positivo e negativo. Manipulação sobretudo digital, recorrendo ocasionalmente à impressão laser a preto e fotocópia. O estudo aborda naturalmente a problemática em torno de ‘identidade e variação’ (Mollerup, 1997). Muitas das representações aqui presentes, se não todas, poderão ser identificadas no seu estado original em imagens noutras páginas. Transformações da autoria de Pedro Carvalho de Almeida.